quinta-feira, 2 de junho de 2011

brilho, magia, fama e paixão


Meu desenho predileto em todo o sempre é Jem e As Hologramas. Chegava da escola no fim da tarde ávido por assistir às aventuras de Jerrica/Jem, que passavam dia sim, dia não no SBT. A parte ruim era quando eu esquecia que era "dia não" e entrava Duck Tales no lugar. Adoro o enredo, que tinha quase nada de infantil. Jerrica era uma menina comum que, por conta de um supercomputador chamado Energia, virava Jem, uma estrela do pop lutando nos bastidores da indústria fonográfica com sua banda rival As Desajustadas. Jessica ainda vivia um romance proibido.
A linguagem do desenho era super "videoclíptica", bem vanguarda e super apropriada para os anos 80. Os clipes tinham os mesmos tipos de créditos dos exibidos pela MTV, mas com cenários e loucuras que só uma animação poderia ter.
Resolvi recordar tudo isso porque, nos Estados Unidos, Jem voltou a ser exibido pelo canal Hub, e eu salivei de vontade. Cadê isso na TV brasileira, hein? Cadê a caixa com DVDs?

Um comentário:

JOSÉ RAPHAEL RAMOS disse...

Lembrando de você:
http://banana-pop.blogspot.com/2011/06/venho-aqui-neste-post-revelar-que-este.html


É Marina!
É São Paulo!
É um monte de coisa!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...